sábado, 6 de julho de 2013

Prefeito de Imperatriz é condenado por improbidade administrativa.

A juíza Ana Lucrécia Reis, que responde pela Vara da Fazenda Pública de Imperatriz - segunda maior cidade do Maranhão - condenou, nesta sexta-feira (5), o prefeito Sebastião Madeira por improbidade administrativa.

Na decisão – que ainda cabe recurso – Madeira pode ter seu mandato cassado, ficar inelegível, além de ser obrigado a devolver recursos – com valores ainda não divulgados – para os cofres públicos.
À TV Mirante de Imperatiz, prefeito disse que aguarda ser notificado para poder recorrer da decisão da Justiça.
Entenda o caso
O prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira, segundo a Justiça, deixou de cumprir um contrato em 2009, com a então empresa da coleta de lixo e contratou outra, em regime de urgência, o que configura a  improbidade adminsitrativa.
Nas últimas eleições municipais, Madeira reelegeu-se com 50,89% dos votos válidos.